Equipe carioca perdeu a primeira luta, mas venceu as cinco seguintes por nocaute, incendiando três adversários e garantindo o cinturão do URC 2017

 

Vinte e sete quilos de pura garra. Essa foi a certeza da equipe RioBotz/PUC-Rio ao ver seu robô Touro Light conseguir o cinturão de campeão no Ultimate Robot Combat URC, na primeira Comic-Con Experience, no São Paulo Expo, de 7 a 10 de dezembro, festival que contou com mais de 200 mil participantes. A competição, promovida pelo site de compras on line Submarino, contou com a participação de oito equipes brasileiras e teve uma única categoria: Lightweight para robôs de combate até 27 kg.

 

O sorteio das chaves colocou frente a frente o bicampeão mundial 2007-2011 Touro Light contra o também bicampeão mundial 2013-2016 Federal, da Unifei-MG. O robô da RioBotz/PUC-Rio conseguiu capotar o adversário, mas teve problemas elétricos e perdeu por pontos. Com essa derrota, Touro Light teria então que vencer todas as batalhas seguintes para ser campeão. Desafio feito, os alunos da equipe trabalharam noite adentro refazendo todo o sistema eletrônico do robô para garantir a melhor performance possível dali para frente.

 

No dia seguinte, Touro Light ganhou por nocaute ao imobilizar o estreante MDO1, da Universidade Presbiteriana Mackenzie-SP. No sábado o confronto foi contra o robô Aquiles, da Universidade Federal de Lavras-MG que, em uma luta muito intensa, não resistiu aos impactos e pegou fogo, logo controlado, sem causar problemas na arena, 100% segura e blindada para o evento.

 

No domingo, o Touro Light precisou enfrentar em sequência três dos melhores robôs do Brasil, e com apenas uma hora de intervalo para os consertos. O primeiro foi o SCRAP, da equipe OddBotz, do ex-integrante da RioBotz, Rodrigo Duque Estrada, campeão do Winter Challenge 2017. O SCRAP começou melhor, acertando um único golpe muito forte que fez Touro Light ser arremessado para o outro extremo da arena. “Mas o robô da RioBotz foi projetado não só para atacar, mas também resistir a golpes como esse. Sem ter sofrido danos, conseguiu reagir e atingir o adversário até ele pegar fogo, vencendo novamente por nocaute”, explica o coordenador da equipe, Prof. Marco Antonio Meggiolaro, do Departamento de Engenharia Mecânica do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio).

 

A RioBotz conseguiu rapidamente, com um pitstop ágil e coordenado, consertar os danos e voltar para a semifinal, contra o robô Asterion, da CEFET-MG. Touro Light, com um show de pilotagem, conseguiu arremessar o robô mineiro para o alto diversas vezes, até o adversário não resistir e parar de funcionar.

 

Depois de mais um pitstop na pressão, Touro Light foi para a grande final enfrentar de novo o robô Federal, projetado em 2012 especificamente contra ele, com acessórios focados em seu arquirrival. O robô da RioBotz/PUC-Rio sofreu muitos golpes fortes durante a luta, mas aguentou todos sem danos graves. O mesmo não pode ser dito sobre o Federal, cujo sistema de ataque não resistiu à luta tão intensa e pegou fogo, ficando imobilizado, perdendo por nocaute e dando o cinturão de campeão do URC Comic-Con CCXP ao Touro Light.

 

Com essa vitória, em 2018 Touro Light terá a vantagem de defender seu título com apenas uma luta, contra o desafiante que sair vitorioso do próximo Ultimate Robot Combat.

 

Os combates do URC Comic-Con CCXP 2017 foram todos transmitidos ao vivo pela internet. E a comemoração da RioBotz foi à altura dos desafios impostos pela competição: “Nossos alunos foram um exemplo de compromisso e puseram em prática todo o conhecimento que adquiriram no laboratório da RioBotz. É muito gratificante ver que, mesmo na diversão, o aprendizado se confirma e todos saem ganhando”, revela Meggiolaro.

 

Informações para a imprensa:

APPROACH COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio)

Maria Estrella (maria.estrella@approach.com.br)

Tel.: (21) 9-9301-4332 / (21) 3527-1303, ramal 43 (CTC/PUC-Rio)

(21) 3461-4616, ramais 147 e 164 (Approach Comunicação)

Bianca G. Sallaberry (bianca.gomes@approach.com.br)

www.approach.com.br