Docente, reconhecido internacionalmente por sua trajetória de grande contribuição para o desenvolvimento tecnológico e científico no Brasil, exercerá função estratégica junto a ministros e demais membros na formulação de metas e planos para o avanço de políticas nacionais

 

O professor e pesquisador José Roberto Boisson de Marca, do Centro de Estudos em Telecomunicações da PUC-Rio (CETUC/PUC-Rio) e vinculado ao Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio), acaba de ser designado pelo governo Temer como membro titular do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT), órgão de assessoramento superior do Presidente da República, e por ele presidido, e vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

“A reativação do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia é um marco importante pois é um setor da maior importância para o progresso do país e para crescimento do PIB. Nos últimos anos, o setor de C&T tem sofrido sucessivos cortes orçamentários e o canal foi reaberto para que líderes da comunidade de C&T possam influenciar o governo na recomposição orçamentária e no estabelecimento de prioridades para garantir um futuro próspero é de grande importância”, ressalta Boisson.

Boisson cumprirá um mandato de três anos e exercerá suas funções ao lado de profissionais como Laércio Cosentino, CEO-fundador da TOTVS — maior empresa de software do Brasil, e Robson Braga de Andrade – presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) — dentre outros nomes de destaque, que assim como o Prof. Boisson, fazem parte do grupo de oito representantes dos produtores e usuários de ciência e tecnologia. Compete aos 12 ministros de Estado e 14 membros que compõem o CCT propor políticas de Ciência e Tecnologia para o desenvolvimento do País, bem como formular metas e planos, efetuar avaliações relativas à execução dessas políticas nacionais e opinar sobre programas que possam causar impacto ao desenvolvimento científico e tecnológico brasileiro.

“Do ponto de vista pessoal, é uma honra ter assento neste Conselho superior. Ter a oportunidade de contribuir para que o Brasil possa assumir uma posição de liderança durante a próxima década, é uma experiência singular. A PUC-Rio é a única universidade particular com um representante do seu corpo docente como membro do CCT. Este é mais um reconhecimento ao investimento realizado pela universidade nas quatro últimas décadas em um ensino rigoroso e pesquisa de qualidade e cujo resultado é valorizado também internacionalmente”, reforça Boisson.

Trajetória diferenciada na área de telecomunicações

Em 2013, Boisson foi eleito presidente do IEEE (Institute of Electrical and Electronic Engineers) para o período 2014-2015, tendo sido o primeiro CEO não norte-americano na história do Instituto. O IEEE, criado em 1885, é reconhecido e celebrado mundialmente como a mais representativa sociedade técnico-profissional internacional dedicada ao avanço da teoria e prática da engenharia nos campos da eletricidade, eletrônica e computação.

Além de professor na PUC-Rio desde 1978 e Ph.D. em Engenharia Elétrica pela University of Southern California – USC em Los Angeles, EUA, Boisson é membro titular da Academia Brasileira de Ciências, da Academia Nacional de Engenharia já foi Professor Visitante no Politecnico di Torino, na Itália e na University of Science and Technology (HKUST) em Hong Kong. Ele atuou como pesquisador visitante nos laboratórios da NEC Europa em Heidelberg, Alemanha, no AT&T Bell Laboratories, Estados Unidos, e na Telecom Paris, França.

Informações para a imprensa:
APPROACH COMUNICAÇÃO
Assessoria de Imprensa do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio)
Maria Estrella (maria.estrella@approach.com.br)
Tels: (21) 9 9301-4332 / (21) 3527-1303, ramal 43 (CTC/PUC-Rio)
(21) 3461-4616, ramais 147 e 164 (Approach Comunicação Integrada)
Bianca G. Sallaberry (bianca.gomes@approach.com.br)
www.approach.com.br