Entre os dias 8 e 10 de março, a AeroRio, premiada equipe de projeto e desenvolvimento de aeronaves não tripuladas do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio), estará em Fort Worth, no Texas (EUA), para participar da competição mundial SAE Aero Design East 2019, torneio mundial de aviação exclusivo para alunos de graduação e pós-graduação em Engenharia. Um grupo de 18 alunos disputa a categoria Advanced, que propõe um nível maior de complexidade e apresenta as maiores aeronaves.

 

A equipe — que está focada na competição desde o momento em que ganhou a categoria Advanced do campeonato brasileiro, em novembro do ano passado — desenvolveu um modelo de aeronave mais robusto, se comparado aos anteriores. Desta vez, o desafio é simular a colonização de Marte e, para isso, o grupo utilizará um pequeno planador autônomo (pilotado manualmente apenas em casos de emergência). O avião será equipado com bolas de ping pong na parte de dentro, uma garrafa d’água e dois pequenos mísseis da Nerf, representando, assim, as naves com colonizadores, os suprimentos e os conjuntos habitacionais. Os volumes serão lançados durante o voo em alvo marcado no solo.

 

O professor Eduardo Costa da Silva, coordenador da AeroRio, conta que, neste ano, o regulamento da categoria Advanced sofreu alterações significativas, que impuseram um aumento no nível de complexidade do projeto, o qual só pode ser desenvolvido como um todo ao se reunir o conhecimento de múltiplas Engenharias, fomentando a transdisciplinaridade. “Dessa forma, a competição estimula diretamente o desenvolvimento profissional e o trabalho em equipe. E cabe ressaltar que, em função do desempenho da equipe, tivemos a oportunidade de mandar, em fevereiro, três alunos para um estágio de verão na EMBRAER e um de nossos ex-membros, recém-formado em Engenharia Mecânica, foi aprovado no concorrido Programa de Especialização em Engenharia (PEE) da EMBRAER, oferecido em conjunto com o ITA”, comemora Silva, constatando que essa, com certeza, será a edição mais desafiadora até hoje.

 

O capitão Thiago Costa, de 21 anos, aluno da Engenharia Mecânica, diz que, por ser uma competição extremamente complexa, com um curto intervalo de tempo (dezembro e janeiro), os membros da equipe se dedicaram integralmente à idealização do projeto, construção do protótipo, execução de testes e modificações necessárias e, ainda, na entrega de um relatório pronto da aeronave no fim de janeiro. “Foram muitas noites de sono perdidas, mas que, com certeza, serão recompensadas com um bom resultado na competição e muito aprendizado. As expectativas para a competição são ótimas e almejamos superar o nosso resultado obtido no último ano, no qual fomos vice-campeões da classe Advanced”, finaliza. Em 2018, a equipe AeroRio tornou-se tetracampeã na categoria Advanced da competição SAE Brasil AeroDesign, depois de vencer também nos anos de 2012, 2013 e 2017, sempre nesta classe.

 

 

 

Informações para a imprensa:

APPROACH COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio)

Maria Estrella (maria.estrella@approach.com.br)

Tel.: (21) 9-9301-4332 / (21) 3527-1303, ramal 43 (CTC/PUC-Rio)

(21) 3461-4616, ramais 107 e 164 (Approach Comunicação)

Bianca G. Sallaberry (bianca.gomes@approach.com.br)

www.approach.com.br