Lançamento inaugura uma nova etapa na relação do Departamento de Química da PUC-Rio com clientes internos e externos. Central Analítica vai gerenciar e integrar laboratórios, projetos de pesquisa, prestação de serviços, consultorias e desenvolvimento de metodologias

Pioneiro na área de Química Analítica no Brasil, o Departamento de Química (DQ) do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) inaugura no dia 30 de março a Central Analítica Padre Leopoldo Hainberger (CAPLH), uma homenagem ao fundador do departamento nos anos 60. Com o objetivo de integrar os 20 laboratórios do DQ, a Central Analítica será um órgão de gerenciamento dentro do departamento com o objetivo de organizar e padronizar o fluxo e a logística dos projetos. “Será adotado um sistema híbrido, onde os professores têm seus próprios laboratórios e linhas de pesquisa em conjunto com equipamentos multiusuários, para atender a clientes internos e externos do departamento”, explica a Profª Gisele Tonietto, gerente da CAPLH.

Ao gerenciar os equipamentos de grande porte disponíveis e integrar a prestação de serviços de controle de qualidade e pesquisas de cada um dos laboratórios do DQ, a CAPLH oferece infraestrutura de elevada qualidade tecnológica — adequada às mais modernas normas nacionais e internacionais existentes — além de uma equipe especializada para resolver problemas analíticos das mais diversas áreas de conhecimento. “É uma vertente que as instituições de fomento estão recomendando também às universidades”, reforça Tonietto.

A CAPLH tem como objetivo sua sustentabilidade, propiciando a manutenção, aquisição de insumos, acessórios e equipamentos. “Vamos beneficiar toda a Comunidade Acadêmica da PUC-Rio — corpo docente e discente do Departamento de Química e demais departamentos que possuem projetos em colaboração conosco — oferecendo o que há de mais moderno em termos de Química Analítica e também atender a clientes externos das áreas de energia, meio ambiente, ciências do mar, nanociências e fármacos”, ressalta a professora.

Clientes do porte de Petrobras, Ipiranga, Schlumberger, Halliburton, Frescatto, GSK, ENEVA, Coca-Cola, Medicina Diagnóstica Sérgio Franco, entre outros, já fazem parte da carteira da CAPLH. Segundo o diretor do DQ, Prof. José Godoy, a ideia da Central é ser uma porta de entrada para estes e futuros clientes que precisem de um serviço organizado na área de química analítica: “Juntamos o valor agregado de todas as demandas internas e externas e oferecemos um serviço laboratorial e de consultoria diferenciado, em que não seja entregue apenas uma folha cheia de números”. Além dos ensaios químicos, a Profª Gisele Tonietto reforça que a CAPLH também presta consultoria, ministra e organiza cursos para empresas.

A inauguração da Central conta com o patrocínio de um dos clientes do DQ, a empresa americana Thermo Fisher Scientific.

Informações para a imprensa:
APPROACH COMUNICAÇÃO
Assessoria de Imprensa do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio)
Maria Estrella (maria.estrella@approach.com.br)
Tels: (21) 9-9301-4332 / (21) 3527-1303, ramal 43 (CTC/PUC-Rio)
(21) 3461-4616, ramais 147 e 164 (Approach Comunicação Integrada)
Bianca Sallaberry (bianca.gomes@approach.com.br)
www.approach.com.br