Onze alunos do Programa de Formação para Desenvolvimento iOS, coordenado pelo Laboratório de Engenharia de Software (LES) do Departamento de Informática do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio), foram aprovados no concorrido processo seletivo mundial da Apple para a Worldwide Developers Conference (WWDC 2019), que este ano acontecerá de 03 a 07 de junho no McEnery Convention Center, em San Jose, Califórnia, EUA. O evento, que anualmente recebe cerca de cinco mil participantes do mundo inteiro, é voltado para desenvolvedores iOS e apresenta novos produtos e tecnologias desenvolvidas para o ano vigente.

O grupo de estudantes agraciado com as bolsas passou por uma seleção na qual deveriam criar projetos usando a ferramenta Playground, desenvolvida pela Apple. Eles foram estimulados a sugerir inovações à plataforma e tiveram apenas dez dias para definir e apresentar suas soluções. “Conhecimento técnico, criatividade e experiência oferecida aos usuários foram levados em consideração para definir os vencedores. Sem dúvida, esta será uma oportunidade incrível para esses alunos interagirem com ótimos profissionais, aprimorarem o network e trocarem expertises”, celebra Andrew Costa, professor do Departamento de Informática do CTC/PUC-Rio, contando que, desde 2015, 54 alunos do Programa de Formação para Desenvolvimento iOS do CTC/PUC-Rio já foram contemplados com a bolsa da WWDC.

Nesta edição, todos os selecionados ganharam a bolsa denominada scholarship, que inclui a entrada gratuita para o evento (que custa US$ 1.599, cerca de R$ 6.400), acesso liberado a todas as atrações da feira e mais os custos de hospedagem e alimentação. Quatro dos 11 estudantes também ganharam o travel assistance, que cobre o custo das passagens aéreas. Entre os alunos, há os que já participaram e outros que viverão a experiência do evento pela primeira vez, como é o caso de Júlia Maria Alves Lima dos Santos. Ela conta que buscou usar as ferramentas Apple, com ênfase na educação: “Usei AR KIT, um framework de realidade aumentada, e outras ferramentas focando em educação para quem tem dificuldade de percepção espacial.  Acredito que esse combo foi um diferencial que me garantiu a scholarship”.

Indo pela segunda vez, Pedro Henrique Barroso Gomes aponta o desafio de pensar para além da engenharia: “No meu projeto eu falei um pouco da literatura de cordel. Acho que essa noção de falar sobre algo cultural brasileiro pode ter sido novidade para eles, e também é algo que me fez sair um pouco da zona de conforto da engenharia, por criar conteúdo artístico”. A veterana Karina Fernandes Tronkos, que sonha trabalhar no Vale do Silício, na Califórnia, embarca pela terceira vez e cheia de expectativas: “Estou no aguardo de novidades relacionadas às tecnologias de realidade aumentada, realidade virtual e machine learning, tecnologias que eu acredito terem aplicações revolucionárias em um futuro próximo. Outro ponto que eu estou ansiosa são as palestras relacionadas a design, já que a Apple é uma grande referência na área.”

31Na WWDC 2019, que tradicionalmente só revela sua programação no primeiro dia de evento, os participantes podem obter detalhes sobre a implementação de novos recursos da Apple. O evento conta com cerca de cem sessões técnicas e de design apresentadas por engenheiros da empresa para ajudá-los a criarem a próxima geração de aplicativos usando as tecnologias recém-anunciadas da empresa americana. “Nos laboratórios do evento, os participantes têm contato direto com os desenvolvedores das tecnologias que usamos no dia a dia”, conta o professor Costa, lembrando que todas as sessões do evento são transmitidas ao vivo e também são disponibilizadas em vídeo na web e no app WWDC.

 

Informações para a imprensa:

APPROACH COMUNICAÇÃO

Maria Estrella (maria.estrella@approach.com.br)

Tel.: (21) 9-9301-4332 / (21) 9-9918-1221 (whatsapp)

(21) 3461-4616, ramais 191 e 192 (Approach Comunicação)

(21) 3527-1303, ramal 43 (CTC/PUC-Rio)

Bianca G. Sallaberry (bianca.gomes@approach.com.br)

www.approach.com.br