PUC-Rio foi a primeira universidade brasileira a oferecer pós na área e já formou mais de 980 alunos

 

A mais nova de todas as engenharias, a Engenharia de Produção é uma evolução da Engenharia Industrial, carreira que ganhou força mundial com a Revolução Industrial do século XIX. Há exatos 50 anos, em 1967, a oferta do Mestrado em Engenharia Industrial do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) deu à Universidade o pioneirismo e o privilégio de formar os primeiros pós-graduados brasileiros na área. Vinte e seis anos depois, em 1993, com a oferta do Doutorado em Engenharia de Produção, o programa de pós-graduação do Departamento de Engenharia Industrial da PUC-Rio ficou completo. Nestas cinco décadas, mais de 980 alunos se formaram, sendo 670 no Mestrado Acadêmico, 93 no Doutorado e outros 225 no Mestrado Profissional.

 

A curiosidade fica por conta da pós-graduação ter vindo antes mesmo da graduação no Departamento de Engenharia Industrial do CTC/PUC-Rio. Somente em 1977, dez anos depois do início da pós, o CTC criou a habilitação em Produção, permitindo que os alunos das demais engenharias optassem por essa especialização profissional nos dois últimos períodos. A oficialização do curso exclusivo na área se deu somente em 1983, quando o MEC reconheceu a habilitação em Engenharia de Produção. E, dando continuidade à tendência inicial do departamento, o curso hoje é responsável por 50% dos que se formam anualmente entre todas as engenharias do CTC/PUC-Rio.

 

O perfil do aluno que ingressa nesta pós-graduação não fica restrito aos engenheiros de produção. Por se tratar de uma carreira que estuda questões de economia, administração, logística, transportes, estatísticas e finanças, o programa de pós em Engenharia de Produção atrai também economistas e administradores, entre outros profissionais. Hoje, o programa oferece seis linhas de pesquisa (Planejamento de Sistemas de Produção e Operações, Programação e Controle de Sistemas de Produção e Operações, Finanças Corporativas, Mercado de Capitais, Planejamento de Sistemas de Transporte e Logística, Programação e Controle de Sistemas de Transporte e Logística), inseridas em três áreas de concentração: Transporte e Logística, Gerência de Produção, Finanças e Análise de Investimentos.

 

Nestes 50 anos, a pós-graduação em Engenharia de Produção do CTC/PUC-Rio só cresceu: investiu em novos laboratórios a partir de 68, se consolidou na década de 70 com o desenvolvimento de diversos projetos para a iniciativa privada e estatal — como IBM, Ponte Rio-Niterói, Light, entre outras — atualizou as áreas de concentração nos anos 80, implantou o Doutorado na década seguinte e, desde 2001 oferece o Mestrado Profissional em Logística, atendendo a uma demanda de mercado que necessitava de profissionais melhor capacitados nesta área para uma aplicação industrial mais imediata.

 

Destaque também para a inauguração do NEXO – Núcleo de Excelência em Otimização, em 2005, focado no desenvolvimento de ferramentas de apoio à decisão e de soluções para a gestão da cadeia de suprimentos. Outra iniciativa inovadora foi a implantação do Laboratório Hands (Humanitarian Assistance and Needs for Disasters), em 2013, voltado para o desenvolvimento de pesquisas relacionadas a desastres.

 

Parcerias com universidades brasileiras e estrangeiras, programas de intercâmbio com universidades americanas, alemãs, suíças, canadenses e suecas, forte integração entre as áreas de concentração do programa e um corpo docente altamente qualificado garantiram aos alunos uma formação reconhecida e recomendada pela Fundação CAPES, órgão do MEC responsável pela avaliação dos programas de pós-graduação das universidades brasileiras. Dos 22 programas existentes atualmente no País, nenhum deles atingiu a nota máxima (sete) na última avaliação (2010-2012). Dois ficaram com nota seis e, além da PUC-Rio, apenas outras quatro chegaram à nota cinco, confirmando o elevado valor acadêmico da pós-graduação em Engenharia de Produção oferecida pela Universidade. “Muitas empresas, inclusive, aprimoram seus quadros, oferecendo a seus colaboradores a pós-graduação em Engenharia de Produção conosco. Ao longo desses 50 anos, sempre primamos pela qualidade do ensino e da pesquisa teórica e aplicada que oferecemos aos nossos alunos. É uma honra poder comemorar com eles este aniversário tão especial”, ressalta o Prof. José Eugênio Leal, Diretor do Departamento de Engenharia Industrial do CTC/PUC-Rio.

 

Informações para a imprensa:
APPROACH COMUNICAÇÃO
Assessoria de Imprensa do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio)
Maria Estrella (maria.estrella@approach.com.br)
Tel.: (21) 9-9301-4332 / (21) 3527-1303, ramal 43 (CTC/PUC-Rio)
(21) 3461-4616, ramais 147 e 164 (Approach Comunicação)
Bianca G. Sallaberry (bianca.gomes@approach.com.br)
www.approach.com.br