O nome Fake Off foi uma bela tirada dos alunos de um dos Programas de Inovação Tecnológica do Departamento de Informática da PUC-Rio, desenvolvedores de um aplicativo para iOS que funciona como uma plataforma comunitária de combate a notícias falsas. Com a invasão das mentiras nas redes sociais, nada melhor do que batizá-lo com um trocadilho entre fake (falso, em inglês) e uma conhecida forma de xingamento nesta mesma língua. O download é grátis, na App Store, no link https://apple.co/2OFnfwY.

 

Para utilizá-lo, basta copiar no app o link da notícia a ser verificada. Em seguida, ela irá compor o feed do aplicativo, área onde os usuários podem fazer uma apuração baseada em critérios como, por exemplo, a relevância daquela informação nos buscadores, a data de publicação, a indicação de um autor e/ou de fontes etc. A partir disso, o app se propõe à criação de um censo crítico comunitário, permitindo que os usuários vejam como os demais interpretam a mesma notícia.

 

Com o conhecimento das apurações em conjunto, o texto pode ser classificado pelos leitores como verdadeiro, falso e/ou tendencioso. Todas as informações reportadas são enviadas a um banco de dados, importante para a análise de futuras pesquisas no aplicativo. Ainda como instrumento de combate à propagação de mentiras, cada usuário terá o seu perfil avaliado de acordo com o seu desempenho nas apurações. Um sistema de pontos será atribuído aos participantes: quanto mais pontos, maior a credibilidade. Se alguém propagar mentiras ou avaliar uma notícia falsa como verdadeira, os pontos serão subtraídos. “As avaliações registradas não podem ser alteradas e, como no Fake Off prezamos a transparência, todas ficam disponíveis para qualquer um ver, criando uma interação parcial entre os usuários”, explica Théo Mendes, que junto com Jessica Hollander, Giovanni Severo e Rodrigo Malhães, forma o grupo de alunos que desenvolveu o aplicativo.

 

Os quatro estudantes são da turma 2018-2019 de um dos Programas de Inovação Tecnológica do Departamento de Informática do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio). “Incentivamos a interdisciplinaridade nas nossas turmas de criação de novos aplicativos. Cada um dos desenvolvedores do Fake Off é um de um curso diferente aqui na PUC-Rio — Comunicação Social, Design de Mídias Digitais, Ciência da Computação e Engenharia Química — e o resultado é este: um app inovador e alinhado à realidade do Brasil e do mundo”, revela o Prof. Andrew Costa, do Departamento de Informática.

 

 

Informações para a imprensa:

APPROACH COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio)

Maria Estrella (maria.estrella@approach.com.br)

Tel.: (21) 9-9301-4332 / (21) 3527-1303, ramal 43 (CTC/PUC-Rio)

(21) 3461-4616, ramais 109 e 187 (Approach Comunicação)

Bianca G. Sallaberry (bianca.gomes@approach.com.br)

www.approach.com.br