Alunos ficaram em 2º lugar geral e receberam outras três premiações na categoria Advanced, a mais complexa de um dos mais importantes torneios mundiais de aviação voltado para alunos de graduação e pós-graduação em Engenharia

Vice-campeões em uma competição internacional com 18 concorrentes na categoria Advanced. Este foi o saldo da participação da AeroRio/PUC-Rio, equipe de projeto e desenvolvimento de aeronaves não tripuladas do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) e única representante brasileira na categoria mais complexa da SAE Aero Design East 2018, torneio mundial de aviação exclusivo para alunos de graduação e pós-graduação em engenharia, realizado de 9 a 11 de março, em Lakeland, Florida, nos EUA. Além do vice-campeonato, a AeroRio/PUC-Rio também teve excelentes resultados nas três subdivisões da competição: ficou em 1º lugar na etapa de apresentação de projeto (tendo sido muito elogiada pelos jurados e engenheiros da competição), em 2º na prova de voo e em 3º no quesito relatório técnico (onde são detalhadas todas as características do projeto da aeronave). “Depois de termos ficado em 6º na mesma competição em 2017, as nossas vitórias nos EUA agora confirmam o quanto os nossos estudos têm dado resultado”, revela o Prof. Eduardo Costa da Silva, do Departamento de Engenharia Elétrica do CTC/PUC-Rio e coordenador da AeroRio.

A participação da equipe que desenvolve aeronaves de asa fixa e multimotores (drones) foi garantida depois de terem sido campeões da etapa nacional da SAE Brasil AeroDesign de 2017. A experiência da equipe no projeto e na construção de aeronaves não-tripuladas foi crucial para conseguir a ótima qualificação final nesta etapa internacional. A estrutura dos aviões continha madeira de balsa, fibra de carbono e alumínio, e a construção das aeronaves foi um destaque competitivo, já que poucas equipes no mundo têm tão bom domínio do processo de fabricação em fibra de carbono. A AeroRio levou para a competição aeronaves idênticas, inteiramente projetadas e construídas na PUC-Rio: dois monomotores de asa alta, com quase quatro metros de envergadura, movidos por um motor a combustão de dois tempos. “Conquistar o título de segundo lugar geral em uma competição, com diversas universidades prestigiadas, só demonstra o sucesso do trabalho em equipe e a capacidade de superação depois de todos os obstáculos enfrentados durante todo o desenvolvimento do projeto”, diz Larissa Paiva, capitã da AeroRio/PUC-Rio.

Na prova de voo, cada equipe deveria acertar pacotes de ajuda humanitária, lançados durante o voo, em alvos no solo usando transmissão de vídeo em tempo real. A alta precisão obtida nos lançamentos efetuados ao longo da competição levou a equipe a conquistar o segundo lugar no Humanitarian On-target Award, que avalia a quantidade de cargas humanitárias lançadas nas proximidades de um alvo. Além disso, o avião também deveria voar com a maior quantidade possível de carga estática embarcada. Nesta etapa, a equipe conseguiu voar confiavelmente em todas as sete baterias de voos, condição essencial para o desempenho da equipe na competição, visto que a nota é computada por meio da média das notas de cada bateria.

“O vice-campeonato e demais premiações obtidas pela AeroRio na SAE Aero Design East premia o esforço e a dedicação dos membros da equipe, composta por alunos dos Departamentos de Engenharia Elétrica, Controle e Automação, Mecânica, Civil e Produção do CTC/PUC-Rio. Mais uma vez, verifica-se que o conhecimento fornecido aos alunos de nossa Universidade possibilita que os mesmos compitam em pé de igualdade com as melhores instituições do mundo”, afirma o coordenador da AeroRio/PUC-Rio.

A competição nos EUA contou com mais de 70 equipes em suas três categorias (Micro, Regular e Advanced), de países como Estados Unidos, Canadá, Venezuela, Índia, Egito, Porto Rico e Polônia, além de quatro equipes brasileiras (AeroRio/PUC-Rio, Trem Ki Voa/UFSJ, Alpha/ESSC-USP e AeroFEG/UNESP).

A equipe AeroRio é composta pelos alunos:

Alef de Oliveira Nascimento – Engenharia Mecânica
Bruna Lobato Goulart da Cunha – Engenharia Civil
Daniel Cantanhede Esteves Escalhão – Engenharia Mecânica
Filipe Papa de Figueiredo –  Engenharia Mecânica
Gabriel Vidigal de Paula Santos – Engenharia Elétrica
Giovanna Tavares Tassinari – Engenharia Mecânica
João Pedro Marçano Carvalho – Engenharia Mecânica
Larissa Franklin Santos de Paiva –  Engenharia Elétrica
Liliane Chen Wang – Engenharia de Produção
Pablo Milheiro Novaes de Araújo – Engenharia Mecânica
Thiago Rodrigues da Costa – Engenharia Mecânica
Manoel Feliciano da Silva Neto – Engenharia de Controle e Automação
Marcos Pereira Caldas – Engenharia Mecânica
Petrus Vinicius Ballhausen Arruda – Engenharia Mecânica
Renan de Lima Simões Mondego Vilela –  Engenharia de Controle e Automação
Raphael Curvello Pizzaia – Engenharia de Controle e Automação
Maria Luiza Teixeira Caldas – Engenharia Mecânica
Matheus Monnerat da Silva Lima – Engenharia Mecânica
Gabriel Lins Tenório – Engenharia Elétrica (mestrado)
Erik Wright Maia Delaney – Engenharia Civil
Jéssica dos Santos Monte – Engenharia Mecânica
Vivianne Ye Wang – Engenharia de Produção

 

Informações para a imprensa:

APPROACH COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio)

Maria Estrella (maria.estrella@approach.com.br)

Tel.: (21) 9-9301-4332 / (21) 3527-1303, ramal 43 (CTC/PUC-Rio)

(21) 3461-4616, ramais 107 e 164 (Approach Comunicação)

Bianca G. Sallaberry (bianca.gomes@approach.com.br)

www.approach.com.br