Uma pesquisa conjunta entre CTC/PUC-Rio e UERJ resultou no caderno de estudos, disponível on-line, “Otimização conjunta do capital baseado em risco e da carteira de ativos”. Ele apresenta uma nova opção de modelo interno para seguradoras. Ao utilizar a técnica de otimização robusta, o modelo permite um valor menor de requerimento de capital de solvência, ao mesmo tempo que otimiza a carteira de investimentos da empresa. Trata-se de encontrar o requisito de capital mínimo considerando que a seguradora deve cumprir suas obrigações mesmo sob cenários de estresse. O estudo é resultado do Auxílio à Pesquisa Ignacio H. de Larramendi, na categoria Seguro e Previdência Social, da Fundación MAPFRE, aos responsáveis pela pesquisa: Davi Michel Valladão e Dimas Leão Ramos, respectivamente professor e mestre pelo Departamento de Engenharia Industrial do Centro Técnico Científico da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (CTC/PUC-Rio) e César da Rocha Neves, professor do Curso de Ciências Atuariais da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro).